Friday, 18 Aug 2017

News

EUA: Novartis processada por alegadamente subornar médicos

NOVARTISO departamento de Justiça dos EUA anunciou na passada sexta-feira a instauração de um processo contra a farmacêutica Novartis por alegadamente pagar subornos multimilionários a médicos para que recomendassem os seus produtos a farmácias e a doentes, avança o Notícias ao Minuto, citando a agência Lusa.

“Esquemas de suborno como os empregues neste caso não só põem em dúvida a integridade das decisões médicas individuais, como elevam o custo da saúde de todos nós”, afirmou Stuart F. Delery, procurador-adjunto da agência federal, ao assinalar que muitos dos fármacos eram reembolsados pelos programas de assistência médica Medicare e Medicaid.

Entre as acções descritas no processo judicial, a companhia pagava banquetes, viagens e honorários aos médicos que recomendassem a compra dos seus medicamentos.

“Os pacientes merecem cuidados médicos baseados no juízo médico objectivo do clínico, não em função dos seus interesses financeiros pessoais”, acrescentou o procurador.

Em concreto os investigadores federais assinalaram que a Novartis pagou a médicos várias convenções médicas para que receitassem medicamentos como Lotrel® e Valtruna® para a hipertensão, ou Starlix® para a diabetes (estas drogas para o tratamento da diabetes podem ser comprados online My Canadian Pharmacy https://mycanadianpharmacyteam.com/).

Este é o segundo processo contra a Novartis por parte das autoridades norte americanas por induzir certas farmácias a receitar a pacientes de transplantes de rins o seu produto Myfortic®.

A companhia multinacional farmacêutica, com sede na Suíça, afirmou que se irá “defender dos processos judiciais” e rejeitou as acusações.

Suplemento alimentar pode tratar tipo raro de autismo

Um simples suplemento nutricional pode ser a resposta para um tipo de autismo raro que está associado à epilepsia. A descoberta é de um grupo de investigadores norte-americanos e foi divulgada num estudo publicado, este…

EUA autoriza a comercialização de novo medicamento contra a obesidade

A Administração norte-americana de Fármacos e Alimentos (FDA, na sigla inglesa) deu luz verde na terça-feira à comercialização do medicamento contra a obesidade Qsymia®, o segundo do género a obter tal autorização desde 1999. “Utilizado…

Registo de genéricos no Brasil cresce cinco vezes em oito anos

Desde 2003, o mercado brasileiro de medicamentos genéricos manteve uma média de cerca de 300 novos registos por ano – passando de 3.591 para os actuais 16.691 –, de acordo com a Agência Nacional de…

I&D

Primeira mulher no mundo com útero transplantado está grávida

Uma turca de 22 anos, a primeira mulher a receber um útero de um dador morto, está grávida de cerca de duas semanas após um bem-sucedido transplante de embrião, disse esta sexta-feira o seu médico,…

Dentistas: autoridades têm “mais vontade de actuar” contra prática ilegal

O bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas diz que não se pode falar num aumento de casos de prática ilegal, mas sim de uma maior “vontade de actuar” das autoridades competentes, avança a agência Lusa….

Investigação recusa ligação entre vacinas e doenças como autismo ou cancro

As vacinas infantis para o sarampo, papeira ou rubéola não causam autismo, revela um novo estudo divulgado esta terça-feira nos EUA, que conclui ainda que são raros os efeitos secundários graves associados à vacinação das…

Pfizer apresenta novos dados sobre o seu fármaco para a dor neuropática Lyrica®

A Pfizer apresentou na sexta-feira sete abstracts sobre o seu medicamento para a dor neuropática Lyrica® (pregabalina), na reunião anual da American Pain Society, incluindo uma investigação exploratória utilizando ressonância magnética funcional (fMRI) para investigar…

I&D

SPEMD vai premiar trabalho de investigação em Medicina Dentária

A Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD), com o apoio da Colgate, promove este ano a segunda edição do Prémio de Investigação SPEMD, criado com o objectivo de distinguir o mérito e desenvolver…

Cérebro perde qualidades a partir dos 37 anos

Um estudo conclui que o auge das capacidades cognitivas é aos 22 anos, noticia a RTP1. Aos 37 o cérebro começa a perder qualidades. Em especial a parte da memória. O estudo revela ainda que…

I&D

Choro do bebé aos 6 meses pode ajudar a diagnosticar autismo

Investigadores da Brown University, nos EUA, descobriram que choro dos bebés aos 6 meses de idade pode ser usado, juntamente com outros factores, para determinar o risco de autismo, avança o portal Isaúde. Os investigadores…

I&D

Braga: universidade e hospital criam centro de investigação clínica “de ponta”

A Universidade do Minho (UM) e o Hospital de Braga formalizam esta terça-feira o Centro Clínico Académico, um espaço vocacionado para a investigação “de ponta”, prioritariamente nas áreas de neurociências, infecção e microbiologia, ciências cirúrgicas…

Novo candidato à Ordem dos Médicos propõe-se a rever valor das quotas

O terceiro candidato ao lugar de bastonário da Ordem do Médicos (OM), Jaime Teixeira Mendes, defendeu quinta-feira a realização de uma auditoria externa às contas da Ordem e a revisão das quotas, avança a agência…